26 de julho de 2016
Por Palmir
Trabalhadores aprovam a pauta salarial da CCT 2016!

Estamos novamente em campanha salarial! Com a data base à partir de 01 de agosto, estamos entregando ao sindicato patronal nossa pauta de reivindicação salarial deste ano, discutida e aprovada em assembleia geral com a categoria, no último dia 26/06, que deseja tão somente a valorização da profissão em função do trabalho e do lucro que sua mão de obra proporciona às empresas.

Como nos anos anteriores, o Sindmassa, presidido por Fábio Alex Salomão Bezerra, conclama toda a categoria a já ficar mobilizada e atenta ao andamento das negociações, pois são sempre difíceis de convencer os empresários a valorizar seus empregados com um justo salário e a premia-los com participação nos lucros e resultados de suas empresas pelo esforço de todos.

Também como nos anos anteriores, o trabalhador deseja ser valorizado pelo tempo de permanência na empresa, como prêmio pelos anos dedicados ao crescimento e desenvolvimento do negócio. Se a empresa se sustenta ano após ano no mercado é porque esse trabalhador é fiel e dedicado, fazendo jus ao pagamento de um abono por permanência de acordo com o seu tempo de trabalho na empresa.

A assembleia geral dos trabalhadores abrangidos por esta Convenção Coletiva de Trabalho aprovou uma pauta de reivindicação salarial baseado no crescimento do segmento no Estado, mas principalmente em Campo Grande, que deixaria o salário de cada função assim definida:

 

FUNÇÃO             SALÁRIO

Caixa     R$ 1.100,00

Balconista           R$ 1.008,00

Aux. Produção  R$ 1.008,00

Cilindreiro           R$ 1.100,00

Forneiro              R$ 1.100,00

Padeiro                R$ 1.500,00

Salgadeiro          R$ 1.500,00

Confeiteiro        R$ 1.500,00

Sobre o salário de 01 de agosto de 2016 será aplicado a partir de 01 de julho de 2016 o percentual total de 12% em uma única parcela, descontando-se eventuais antecipações efetuadas no período. Fica aprovado também o valor da cesta básica no R$ 110,00 para as empresas com até 10 funcionários e R$ 250,00 para empresas com mais de 10 funcionários, concedido mediante CARTÃO BENEFÍCIO SINDMASSA/CARD ou em produtos da Cesta Básica. O vale refeição aprovado pela categoria definiu um valor de R$ 10,80 para as empresas que não possuem restaurante próprio, ou subsidiando a refeição no próprio local, caso forneça a alimentação, descontando o valor de R$ 0,22 por refeição ou lanches como o comercializado para os clientes.

O convênio médico aprovado pela categoria determina que as empresas abrangidas pela CCT (Convenção Coletiva de Trabalho), pague o custeio do Plano de Saúde Ambulatorial no valor de R$ 90,00 mensais por empregado, cessado quando da demissão do trabalhador e nem se integrando ao salário para efeitos legais.

Também ficou aprovado pela categoria um abono de 10% do salário base para todos os trabalhadores que tiverem 05 (cinco) anos ou mais de trabalho de forma contínua na mesma empresa, pago em parcela única, não sendo integrado ao salário para qualquer efeito de natureza indenizatória.

Outra proposta apresentada para esta CCT refere-se aos trabalhadores na função de “caixa”, que receberá mensalmente a título de quebra de caixa, o valor indenizatório de 10% da sua remuneração, salvo se o empregador não descontar as diferenças ocorridas no caixa, bem como o pagamento de 37% de adicional noturno para quem trabalha das 22h às 05h, calculado sobre a hora normal do trabalho diurno.

A cada campanha salarial dos trabalhadores do setor de panificação de Campo Grande fica evidente o desejo da categoria de ter o seu trabalho mais valorizado em função da riqueza que conquista para as empresas, que ainda não entendeu que este funcionário bem remunerado, satisfeito e respeitado produz muito mais.

As assembleias de trabalhadores que definem políticas salariais e das lutas da categoria estão cada vez mais prestigiadas e com maior participação, pois só assim, em unidade de corpo, que o setor de panificação vai continuar avançando na conquista de bons salários e boas condições de trabalho.

Rua Paraíbuna, 179 - Vila Sobrinho

Fone/Fax: 67 3361.7333

CEP: CEP: 79.110-023

Campo Grande/MS